Aspergilose nasal

 

Origem

Esta doença é causada por um fungo, Aspergillus fumigatus, que se aloja nas fossas nasais. Existe frequentemente no meio exterior e torna-se patogénico em caso de imunodepressão ou irritação nasal.

Principais sintomas

Os cães com aspergilose apresentam uma rino-sinusite, inicialmente unilateral e depois bilateral, corrimento nasal abundante, purulento, por vezes raiado de sangue, sangramento nasal, espirros, secura ocular, ulcerações e despigmentação do ângulo externo das narinas e um espessamento cutâneo da trufa.

clip_image001

Aspergilose nasal num cão (© Parasitologia ENVA).

Ajude o nosso Blog a crescer, faça uma doação.

.

doacao

Publipt! Clique Aqui!

Forma de contágio

O contágio ocorre essencialmente por via aérea (inalação das formas juvenis – conídio – em suspensão no ar).

Prevenção

Limita-se à ventilação dos locais e evitar o contacto com as camas húmidas e bolorentas.

clip_image002

Cabeça do fungo vista ao microscópio, na sequência da recolha de uma amostra com zaragatoa nasal, corada com azul láctico (© Parasitologia ENVA).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: