Tinha

 

Origem

Afecção cutânea contagiosa provocada por parasitas Dermatófitos do género Microsporum ou Trichophyton.

Principais sintomas

Na forma seca são observáveis zonas de alopecia circulares, tipo "moeda", sem prurido, localizadas sobretudo na cabeça.

clip_image001

Lesões características da tinha com alopecia (© Parasitologia ENVA).

Forma de contágio

Pode ser directo, por contacto, mas também indirecto, pela utilização de instrumentos de higiene e beleza. O maior contágio ocorre através dos pêlos. Esta afecção é facilmente transmissível ao homem, o qual apresenta igualmente manchas redondas e vermelhas sobretudo ao nível do tronco e braços.

clip_image002

A tinha é transmissível ao Homem.

Prevenção

Quarentena para os cães estranhos ao canil, e caso se constate a presença de um cão com tinha, é indispensável isolá-lo, limpar a respe-ctiva boxe em último lugar, não utilizar noutros animais os instrumentos de higiene deste último e submetê-lo a tratamento.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: